Marketing além das Redes Sociais

Koala Media House

Como já comentamos em um post anterior toda rede social nasce fadada a morrer, em algum momento – pelo menos é o que tem acontecido até o momento. Algumas tem vida mais longa, outras mais curta, algumas mais parecem um cometa e tem aquelas que simplesmente “não vingam”, elas nascem, morrem e nem ficamos sabendo. Até mesmo o falecido Orkut, que teve seus (longos) tempos de glória, um dia teve seu fim. E o Google também já decretou o final do G+ (pelo menos na forma como o conhecemos). No momento o Facebook é quem segue firme e forte, mas até quando não se sabe…

Se você parar para pensar esses ciclos são bem óbvios e inevitáveis, mas como alguns são mais longos, acabamos esquecendo isso e o problema surge quando uma empresa começa a depender apenas de uma rede social para se comunicar com seu público.

Pare e pense: Como seria o marketing digital da sua empresa sem o Facebook?

Simplesmente não dá para o marketing das empresas depender de plataformas que estão fora do nosso controle. Isso é uma insanidade pois, quando o Facebook se enfraquecer ou morrer, a comunicação da sua empresa pode ir junto para a tumba.

Quando se fala em marketing digital tem um monte de ações interessantes que podem ser implementadas, algumas mais simples e outras com um toque extra de criatividade, no entanto tem duas coisas que você não pode fugir:

1. Ter um site é 100% essencial!

Está todo mundo careca de saber que uma empresa, hoje em dia, “não existe” se não está na internet e se não for encontrada pelo Google. Mas estar na internet de forma autônoma, com um site bem feito tem um certo custo, ainda que insignificante se os benefícios forem pensados a longo prazo.

Mas o que tem acontecido é que para fazer essa redução de custos, muitas empresas hoje em dia optam por ter apenas uma página no Facebook, em vez de um site próprio. Apesar de parecer barato a empresa fica dependente de uma plataforma que não é sua. As limitações são inúmeras e apesar de parecer que lá (no facebook) ela está mais próxima do seu público, as publicações de empresas hoje em dia não atingem nem 5% do público que curtiu a página. A não ser que você pague para isso, é claro…

A verdade é que para empresas que pensam a longo prazo, ter um site, bem desenvolvido, com bom conteúdo, bom layout, responsivo e que dê autonomia para a empresa vale muito mais que o preço que ela irá pagar por ele. Porém muitos olham para um custo ou invés de enxergarem uma ferramenta que gera lucros, lucros que serão bem maiores que o custo de criação do site.

Estamos falando isso para que sua empresa não seja mais uma que comprou um site barato pré-pronto e não consegue mexer nas ferramentas para fazer ele ficar realmente funcional e prático, para que sua empresa não seja mais uma que pagou por um site, mas não tem autonomia para mexer ou atualizar seu próprio conteúdo ou para que sua empresa não seja mais uma que depende exclusivamente de uma rede social e que precisa pagar para ser visto pelos seus clientes pois só tem aquele canal de divulgação.

2. Blog institucional… 

Muitas empresas tem um site super bacana, mas esquecem de criar nele um espaço dinâmico, que possa ser frequentemente atualizado, ou seja, um espaço de Blog Institucional! Esse é o local certo para postar as novidades da empresa, lançamento de produtos, promoções, para relatar participação em eventos e conteúdo geral referente ao seu segmento, expertise e atuação. Boa parte do conteúdo relevante que você posta no Facebook poderia estar dentro do seu próprio site, e isso gera uma coisa importante: posicionamento para o seu site nos resultados de busca do Google!

A verdade é que o “Conteúdo é Rei”, e na nossa visão sempre será, afinal de contas o que você busca todos os dias no Google? Informação, conteúdo, não é?

O problema do Blog Institucional é que muitas vezes as empresas começam, mas logo não sabem o que escrever, não possuem alguém responsável pela geração deste conteúdo e ele acaba ficando lá esquecido e abandonado. As postagens podem ter uma periodicidade definida, ou não. Mas também não dá para ficar mais de um mês sem atualizar. Dependendo do segmento e perfil da empresa é importante ter uma estrategia de postagens que além de falar da própria empresa também consiga abordar assuntos interessantes e atrair novos clientes, admiradores, seguidores, etc.

Algumas empresas apesar de possuírem um site, não tem dentro dele um espaço para produção de conteúdo que possa atrair o público e aparecer nas buscas. Por mais que seu site seja antigo você pode “embutir” um blog nele.

Mas se o site da sua empresa é um desses mais antigos e não é responsivo (não se adapta para navegação em celulares e tablets), lamentamos mas, mais cedo ou mais tarde, você vai mesmo ter que investir em um site novo. Fique ligado aqui no nosso Blog para saber mais sobre isso em breve!

Resumo da ópera… Em tempos de redes sociais e ferramentas de comunicação tão instáveis, não deixe sua comunicação depender de uma plataforma sobre a qual você não tem controle. É excelente saber usar as redes sociais ao seu favor, mas não deixe sua marca depender dela, crie canais próprios para uma comunicação direta e dinâmica entre sua empresa e seu público. E lembre-se, criar conteúdo relevante para seu nicho e unir este conteúdo ao seu site pode lhe render não só visitas no site, como também futuros clientes.

……….

Aqui na Koala você encontra conteúdo e dicas descontraídas para entender melhor as novidades e tendências de marketing para aplicar no seu negócio, sempre tomando as melhores decisões para o perfil da sua empresa. Tem dúvidas, quer mais informação ou consultoria? Entre em contato!